Totens

Blog de xamanismo :Práticas Xamanicas, Totens

O termo Totem não se refere particularmente a um Espírito Animal, mas antes a um Espírito Ancestral associado a uma linhagem familiar, tribo, grupo, empresa, etc. Eles não estão presos a formas e podem aparecer como uma pedra ou uma planta, ou como uma força, como vento ou trovão, mas são as formas animais as mais comuns.

Totem Xamânico

As relações entre o xamã e os totens são de natureza espiritual, e de uma intensidade mística tal que se torna difícil para a mentalidade moderna, cética, imaginá-la. A relação era tão íntima que os xamãs achavam possível tornar-se um animal. Ao se tornar um animal místico, através de invocações, o homem transformava-se em algo maior e mais forte do que ele próprio.

Quando nós invocamos, nós estamos literalmente convidando um espírito animal para viver perto de nós, então podemos compartilhar de seu poder medicinal. Ao invocar um espírito animal, estamos rezando para o conjunto das espécies daquele animal.

O termo medicina é empregado para o poder pessoal, dádivas de sabedoria, força física, clareza espiritual e talentos. É um modo de vida consciente através da relação de cura, com nossa Mãe Terra e suas crianças, nossos familiares, amigos, plantas, pedras e as pequenas criaturas.

Então no xamanismo se invoca até cinco totens (animais). Vamos a eles:

  • ANIMAL DE PODER: Todos nós possuímos apenas um. No contexto de cura do Grande Espírito ele representa nosso ego e características da nossa personalidade. As personas (máscaras) que usamos, nossas habilidades conhecidas e aquelas a que ainda não tivemos acesso.
  • ANIMAL DOURADO: Representa nossa cura interna. A luz dourada da sabedoria. Significa todos os nossos conhecimentos adquiridos em todas as vidas. É o elo de proteção do nosso eu com o Grande Espírito.
  • ANIMAL NEGRO: Significa “o nosso lado negro”, a única força existente em nós que consegue combater a força da magia negra. Este animal recebe e compartilha esta força da Mãe-Terra. Representa nossa sombra, nosso lado escuro, que ao ser iluminado pela luz do conhecimento nos remete a transformação. Todos nós possuímos um lado negro e um lado de luz. Quando negamos essa energia existente em nós humanos, não permitimos o nosso crescimento e as soluções de todos os nossos problemas.
  • ANIMAL ALADO: Nosso animal espiritual. Ele traz a visão transcendente da situação e o poder para resolvê-la. Nos ajudando a ir além de nossa visão pessoal, a encontrar as soluções através dos arquétipos, forças sagradas e divinas.
  • Mesmo após desenvolvermos um Totem Sagrado, outros animais ainda podem se apresentar para determinada pessoa, dependendo do trabalho que a mesma está realizando ou vai realizar. Estes animais são conhecidos como Animais Auxiliares.

Como Trabalhar Com os Animais?

O modo mais fácil para começar a trabalhar com os animais de poder é estudar primeiro as habilidades naturais do animal e seus modos de como metaforicamente você vai aplicá-las em diversas situações na vida. Por exemplo, por causa de sua visão, a águia poderia lhe ajudar a manter uma visão de suas verdadeiras metas. Um imagem de uma águia capturando sua presa é uma ferramenta poderosa para ajudá-lo alcançar metas. Tais imagens servem para lhe dar a força que você precisa para manter sua visão e metas. Também estudando os modos naturais do seu animal, ajuda a criar um laço poderoso entre você e seu animal, permitindo assim o ajudar até mesmo em sua vida animal.

Estude também algum outro significado que esse animal pode ter em outras culturas. Por exemplo, para alguns: o urso representa introspecção, o colibri representa alegria, e o leopardo representa poder interno. Nós podemos usar estes mitos para nos ajudar a conectar com nossos animais de poder e como um enfoque para entender o que esses animais vieram nos ensinar.

Assim que você estabelecer uma conexão forte com seu animal de poder, você poderá convocá-lo quando desejar para auxiliá-lo e aconselhá-lo. Geralmente essa comunicação se dá pela Jornada Xamânica ou uma voz interna.

Outro modo xamânico que você pode usar para conectar os seus animais de poder, é utilizar um enfoque (um objeto físico para representar o animal) que pode ser um quadro, uma imagem, uma reprodução em miniatura, uma parte do corpo (um dente, uma asa). Qualquer um desses objetos poderão ser-lhe útil em sua conexão com ele. Segure o objeto e procure sentir a energia fluindo pelas mãos e tomando conta de todo seu ser dando-lhee a paz e o respeito necessário para a conexão.

Outro modo xamânico de conectar com seu animal é imitar o movimento dele. Este é um modo saudável para conectar com seu animal. Exercite esses movimentos para livrar-se da tensão. Combinando esses movimentos através da dança, você verá que esse ritual irá ajudar o fortalecimento espiritual e a sua conexão com seu animal.

É muito importante dentro do xamanismo, que você se transforme regularmente no seu animal, para que ele sinta-se satisfeito e possa permanecer ao seu lado. Esse espírito animal que existe na nossa mente-corpo, deseja ter a alegria de existir na forma material. Temos que encarar esse fato como uma permuta, pois tal como o ser humano deseja sentir a realidade incomum tornando-se um Xamã, também o animal de poder deseja sentir a nossa realidade entrando no corpo de um ser humano vivente. E você pode fazê-lo imitando os seus movimentos, criando uma 'dança' que vai possibilitar o animal se expressar através de seu corpo.

Segue a seguir alguns animais. Caso queiram saber de algum outro que não esteja na relação, deixe um post que retornarei.

Águia – Iluminação, a visão interior, invocada para poderes xamânicos, coragem, elevação do espírito a grandes alturas;
Aranha – Criatividade, a teia da vida, manifestação da magia de tecer nossos sonhos;
Abelha – Comunicação, trabalho árduo com harmonia, néctar da vida, organização.
Alce – Resistência, auto-confiança, competição, abundância, responsabilidade.
Antílope – Cautela, silêncio, consciência mística através da meditação, calma, ação.
Baleia – Registros da Mãe Terra, sons que equilibram o corpo emocional, origens;
Beija-flor – Mensageiro da cura, amor romântico, claridade, graça, sorte, suavidade;
Borboleta – Auto-transformação, clareza mental, novas etapas, liberdade;
Búfalo – Sabedoria ancestral, esperança, espiritualidade, preces, paz, tolerância;
Cabra/cabrito – Determinação para ir ao topo, nutrição, brincadeiras.
Camelo – Conservação, resistência, tolerância.
Canguru – Proteção maternal, coragem para seguir em frente nas fraquezas.
Castor – Novos canais de pensamentos, construção, segurança, conforto, paciência.
Cisne – Graça, fidelidade, ritmo do Universos, ver o futuro, poderes intuitivos, fé.
Coiote – Malicia, artifício, criança interior, adaptabilidade, confiança, humor.
Coelho – Fertilidade, medo, abundância, crescimento, agilidade, prosperidade.
Condor – Idem a águia, é um dos filhos do Sol no Peru, representa o Mundo Superior.
Coruja – Habilidades ocultas, ver na escuridão, a vigília, a sombra, sabedoria antiga.
Corvo – Guardião da magia, mistério, predições, mensageiro, dualidade, assistência.
Cavalo – Poder interior, liberdade de espírito, viagem xamânica, força ,clarividência;
Cachorro – Lealdade, habilidade para amar incondicionalmente, estar a serviço;
Cobra – Transmutação, cura, regeneração, sabedoria, psiquismo, sensualidade;
Coiote – Malícia, artifício, criança interior, adaptabilidade, confiança, humor.;
Coruja – Habilidades ocultas, ver na escuridão, a vigília, a sombra, sabedoria antiga;
Doninha – Poderes ocultos, vivencia, poder de esconder, observações, segredos.
Elefante – Longevidade, inteligência, memória ancestral, ancestrais enterrados.
Esquilo – Divertimento, planos futuros, reunião, observar o óbvio.
Esturjão – Determinação, sexualidade, consistência, profundidade, ensinamento.
Falcão – Precisão, mensageiro, olhar a volta, abertura a distância, oportunidades.
Formiga – Comunidade perfeita, paciência, trabalho duro, força, resistência, agressividade.
Gaivota – Voar através da vida com calma e esforço para alcançar objetivos.
Gambá – Campo de proteção, reputação, repelir quem não o respeita, respeito.
Gato – mistérios, poderes mágicos, sensualidade, independência, visões místicas, limpeza.
Galo – Sexualidade, fertilidade, oferendas, cerimônias, altivez.
Girafa – Calma, inspiração para se atingir grandes alturas, suavidade, doçura.
Golfinho – Pureza, iluminação do ser, sabedoria, paz, amor, harmonia, comunicação.
Gorila – Sabedoria, inteligência, adaptabilidade, guardião da terra, habilidade.
Guaxinim – Bom humor, limpeza, sobrevivência, tenacidade, inteligência, folia.
Hipopótamo – Desenvolvimento psíquico, intuição, ligação água-terra, aterramento.
Jacaré – Instinto de sobrevivência, o inconsciente profundo, o caos que precede a criação.
Jaguar – A busca em águas da consciência, mensageiro, interação mente e alma.
Javali – Comunicação entre pares, expressividade, inteligência.
Lagarto – Otimismo, adaptabilidade, regeneração, sonhos, renovação, transformação.
Leão – Poder, força, majestade, prosperidade, nobreza, coragem, saúde, liderança, segurança, auto-confiança.
Leopardo – Conhecimento do subconsciente, compreender aspectos sombrios, rapidez.
Lince – Segredos, conhecimento oculto, tradição, ouvir para o crescimento.
Libélula – Ilusão, ventos da mudança, comunicação com o mundo elemental.
Lobo – Amor, relacionamentos saldáveis, fidelidade, generosidade, ensinamento.
Macaco – Inteligência, bom humor, alegria, agilidade, perícia, irreverência, amizade.
Minhoca – Regeneração, resistência, auto-cura, transformação.
Morcego – Renascimento, iniciação, reencarnação, habilidades mágicas.
Onça – Espreita, proteção de espaço, silencio, observação. Precisão.
Pantera – Mistério, sensualidade, sexualidade, beleza, sedução, força, flexibilidade.
Pato – Desenvolvimento de energia maternal, fidelidade, nutrição energética.
Peru – Dar e receber, transcendência, dádivas, celebração.
Porco-Espinho – Fé, confiança, inocência, inspiração para realizações, dentro da essência.
Puma – Força, mistério, silêncio, sobrevivência, velocidade, graça, liderança, coragem.
Pica-Pau – Regeneração, limpeza, comunicação, proteção, unido aos Espíritos do trovão.
Pingüim – Viver em comunidade, fidelidade, lealdade nos romances.
Pombo – No cristianismo simboliza o Espírito Santo, paz, comunicação, mensagem.
Raposa – Habilidade, esperteza, camuflagem, observação, integração, astúcia.
Rato – versatilidade, alerta, introspecção, percepção, satisfação, aceitação.
Salmão – Força, perseverança, nadar contra a maré, determinação, coragem.
Sapo – Evolução, limpeza, transformação, mistérios, humor, ligado a chuva.
Tartaruga – Estabilidade, organização, longevidade, paciência, resistência, proteção, experiência, sabedoria, Mãe-Terra.
Tatu – Limites, doas dá a armadura, limites emocionais, protege a saúde.
Texugo – Agressividade, coragem, formar, alianças, persistência, agir em crise.
Tigre – Aproximação lenta, preparação cuidadosa, aproveitar oportunidades.
Touro – fertilidade, sexualidade, poder, liderança, proteção, potencia.
Urso – Introspecção, intuição, cura, consciência, ensinamentos, curiosidade.
Vaga-Lume – Iluminação, entendimento, força de vida, luz e escuridão, maravilhas.
Veado – Delicadeza, sensitividade, graça, alerta, adaptabilidade, coração/espírito, gentileza.

 

animais poder, totens

quinta 24 setembro 2009 16:05



1 Fan

Nenhum comentário Totens



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (50.19.199.154) para se identificar     



Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para xamanismo

Precisa estar conectado para adicionar xamanismo para os seus amigos

 
Criar um blog